quarta-feira, 13 de abril de 2011

Eu odeio o jeito que eu preciso tanto de você.
odeio ficar esperando horas pra te ver, esperando ansiosamente por um olhar, por uma palavra. Eu odeio te ver e te desejar tanto. Eu odeio não ser forte o bastante pra não me importar com você. Odeio ser tão efusiva ao se tratar de você. Parece que nunca é o bastante, parece que nunca vai ser suficiente.'

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Não sou fã de Restart, porém me identifique mt com essa musica, diz mt coisa sobre meus sentimentos no momento! =)

Mesmo de longe eu queria te fazer
Sentir tudo o que eu sinto por você
Às vezes queria poder te ter,
às vezes me sinto invisível pra você

Eu vou voar pra algum lugar com você, com você
Pra te encontrar, te dizer

Te ter aqui faz parte do meu jogo
Me faz feliz poder te ver de novo
Vou te mostrar que falta muito pouco
Pra eu olhar no teu olho e dizer: amo você

Todo o meu mundo gira em torno de
Achar maneiras para te fazer sorrir
Mesmo a distância e o medo de perder
Nada vai me fazer te esquecer

Eu vou voar pra algum lugar com você, com você
Pra te encontrar, te dizer

Te ter aqui faz parte do meu jogo
Me faz feliz poder te ver de novo
Vou te mostrar que falta muito pouco
Pra eu olhar no teu olho e dizer: amo você



s2

sexta-feira, 1 de abril de 2011

O amor é ?

O amor não é algo que te faz sair do chão e te transporta para lugares que nunca tenha visto.
O nome disso é avião. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que esconde dentro de vc e não mostra para ninguém.
Isso se chama vibrador tailandês de três velocidades. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que te faz perder a respiração e a fala.
O nome disso é bronquite asmática. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que chega de repente e te transforma em refém.
Isso se chama seqüestrador. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que voa alto no céu e deixa sua marca por onde passa.
Isso se chama pombo com caganeira. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que você pode prender ou botar pra fora de casa quando bem entender.
Isso se chama cachorro. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que lançou uma luz sobre você, te levou pra ver estrelas e te trouxe de volta com algo dele dentro de ti.
Isso se chama alienígena. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que desapareceu e que, se encontrado, poderia mudar o que está diante de você.
Isso se chama controle remoto de TV. O amor é outra coisa.

“O amor é simplesmente… o amor.”